No uso da tribuna da Casa da Cidadania, na sessão ordinária desta quarta-feira (07), o vereador Alberto Nery (PT) lamentou a declaração da presidente da Associação dos Agentes de Endemias, Isabel Cristina Fernandes, ao Jornal Folha do Estado, afirmando que o edil mentiu ao dizer que houve reunião entre os vereadores para decidir sobre o adiamento da votação do Projeto de Lei 02/2018, que dispõe sobre a concessão de incentivo financeiro adicional aos agentes de combate às endemias e agentes comunitários de saúde de Feira de Santana.

“Afirmei ontem que a votação foi adiada após decisão dos vereadores em reunião interna. Lamentável a presidente do Sindicato da categoria afirmar que eu estava mentindo. Reitero a minha afirmação de que o grupo de vereadores apresentou as razões que justificavam o adiantamento da votação”, declarou.

O presidente do Legislativo feirense, José Carneiro Rocha (PSDB) ratificou a declaração do colega Nery. “É preciso entender que esta Casa tem autonomia e não precisa de autorização para pedir o adiamento de um projeto. Por razões cabíveis, decidimos em reunião adiar a votação”, concluiu.

Download PDF

Redação

Comentários estão fechados.