Segunda-feira, 14 de junho de 2021, 17:37:20

População de Jaguara está há cerca de três meses sem atendimento médico e odontológico

10/06/2021, 15:58

“O distrito de Jaguara está sendo destruído”, alerta o vereador Paulão do Caldeirão (PSC) ao afirmar que a comunidade local está há cerca de três meses sem atendimento médico e odontológico. Na sessão ordinária desta quinta-feira (10), o parlamentar criticou a gestão do prefeito Colbert Martins, especialmente, no que diz respeito às ações no âmbito da saúde pública. 

De acordo com Paulão, existem diversas reivindicações da população que não foram atendidas pelo Executivo. Em Jaguara, por exemplo, ele cita que os moradores reclamam frequentemente de ruas esburacadas e postos de saúde sem médicos. O parlamentar também critica a atuação de Colbert Martins no combate à pandemia da Covid-19. Ele responsabiliza o gestor, que também é médico, pelo atual índice de pessoas infectadas e mortas por complicações da doença. “Em Feira de Santana as pessoas estão morrendo, prefeito, e a culpa é sua”.


Cartão vermelho ao Prefeito

Insatisfeito com a administração de Colbert Martins e com as recentes exonerações de trabalhadores indicados por parlamentares, Paulão do Caldeirão mostrou um cartão vermelho ao prefeito. Segundo o parlamentar, o gestor também teria insultado, em seu gabinete, a Câmara de Feira e seus vereadores. Paulão pede respeito aos legisladores que estão “ao lado do povo” e afirma que, em sua nova condução, Colbert se mostrou “incompetente” e “vingador”.

O radialista menciona que, apesar de tecer críticas ao deputado federal Zé Neto (PT), os cargos que havia indicado ao político não sofreram exonerações. O presidente do Legislativo feirense, Fernando Torres (PSD) acrescenta que também indicou servidores para o Governo do Estado e, ainda que discorde e critique algumas ações de Rui Costa (PT), o governador também mantém os trabalhadores em seus cargos. Luiz da Feira (PROS) lamenta os desligamentos e pede que o prefeito seja mais “humano” com os funcionários que, muitas vezes, ganhavam cerca de R$700,00 para prestar serviços ao município. 


Posicionamento de José Ronaldo

Considerando as recentes ações de Colbert Martins como uma “traição” ao povo e aos seus aliados, Paulão do Caldeirão pede que o ex-prefeito José Ronaldo se manifeste sobre a situação.  “O senhor usou o silêncio para trair José Ronaldo, trair o povo e esta Casa. Vou aproveitar e falar do ex-prefeito, um homem de caráter e honrado, mas o senhor não pode ficar calado, se o senhor não se manifestar eu vou roer a corda e não vou lhe apoiar”.