Sábado, 24 de julho de 2021, 16:31:45

Prefeitura entregou imóveis de residenciais como “moeda de troca por apoio político”

15/07/2021, 15:37
A Prefeitura de Feira de Santana utilizou imóveis do programa Minha Casa Minha Vida como “moeda de troca por apoio político”, afirma o vereador Silvio Dias (PT). Atualmente, com 1420 unidades abandonadas ou inabitadas em 34 residenciais do município, o parlamentar observa que a distribuição ocorreu de maneira equivocada, priorizando interesses políticos em detrimento da população mais necessitada. “O resultado disto é que temos milhares de unidades fechadas e outras alugadas porque foram entregues a quem não precisava”.
 
Outro problema sinalizado pelo vereador, é a falta de investimento municipal na infraestrutura e educação nas adjacências dos condomínios residenciais. Silvio Dias explica que o programa federal “necessitava de uma contrapartida da Prefeitura”, entretanto, o Executivo feirense “não fez os investimentos na infraestrutura, nas escolas, nas creches e nas estradas. Hoje, o que nós vemos é um completo abandono dessas unidades”.
 
 
GALEGUINHO
 
Procurado por cidadãos que necessitam de uma casa própria e que se enquadram nos critérios do programa Minha Casa Minha Vida, o vereador Galeguinho (PSB) confirma a distribuição equivocada dos imóveis: “existem casas fechadas de pessoas que não precisam, enquanto outras famílias estão precisando”.