Quarta-feira, 29 de junho de 2022, 13:46:22

Aulas alternadas podem comprometer o calendário escolar

12/05/2022, 12:11 | Foto:

Assunto recorrente nos pronunciamentos do vereador Professor Ivamberg (PT), a preocupação com o cumprimento dos 200 dias letivos nas escolas da rede municipal ou a ser manifestada nesta quarta-feira (12). O educador falou sobre a situação do CAIC –Escola José Raimundo Pereira de Azevêdo, localizada no Feira VII, que teve as aulas suspensas em várias turmas. “É uma irresponsabilidade”, afirmou. 

Sobre o sistema de aulas alternadas, adotado em várias unidades escolares de Feira de Santana, o vereador questionou o resultado na aprendizagem dos alunos. “Como serão repostas essas aulas? Qual a forma de contabilização?”, questionou Ivamberg, salientando que a culpa da implantação desse sistema não é do professor. Ele disse ainda que a secretária de Educação, Anaci Paim, não tem autonomia para decidir sobre questão. 

A vereadora Eremita Mota (PSDB) também comentou o assunto e afirmou que a maioria das escolas está com as aulas, comprometidas, o que reflete na qualidade do ensino comprometidas. “Os alunos estão desmotivados”, ressaltou. Para o vereador Marcos Lima (União Brasil), a solução do problema é a Secretaria de Educação fazer um projeto para aumentar o número de professores da rede municipal de ensino.