Quarta-feira, 29 de junho de 2022, 13:48:15

Denunciada ação de despejo de órgãos da Segurança Pública de área do Derba

04/05/2022, 11:15 | Foto: Mario Neto / ASCOM-CMFS
Desrespeito. Esta foi a palavra usada pelo vereador Lulinha (União Brasil), para definir a decisão do Governo da Bahia de “despejar” vários órgãos da Segurança Pública que funcionam na área do antigo Derba, às margens da rodovia 116 Norte. Segundo ele, que repercutiu informações de um site de notícias, o prazo para desocupação da área, onde deverá ser construída uma nova escola estadual, é de 13 dias.  
 
 
 
“A área estava abandonada e foi cedida para instalação da sede da Rondesp, a tropa de elite da Polícia Militar, o Pelotão Asa Branca, uma unidade da Polícia Rodoviária Federal, a Companhia 66ª, que abrange os bairros Mangabeira, Campo Limpo, Conceição e adjacências”, citou Lulinha. O vereador acrescentou que estava prevista para esta semana a inauguração do Comando do Corpo de bombeiros no local. 
 
 
 
Lulinha disse ainda que o governador Rui Costa está irredutível e lembrou que os órgãos estão no local há 14 anos e só agora, às vésperas da eleição, o governador decide fazer essa mudança. “Enquanto isso, as comunidades rurais estão sendo sem uma viatura para fazer rondas”, afirmou, argumentando que existem muitas áreas disponíveis na cidade, que poderiam ser usadas para construção de escolas.