Quarta-feira, 29 de junho de 2022, 13:27:15

Garoto de 9 anos compartilha com a mãe emoção de ser homenageada na Câmara

03/05/2022, 10:36 | Foto: Marcio Garcez / ASCOM-CMFS

A noite de sexta-feira (2) dificilmente sairá da memória de Bernardo, um menino de 9 anos que acompanhou de perto, sem perder uma cena sequer, a homenagem prestada à mãe Edneia Gonçalves de Souza Jesus, na Câmara Municipal. Usando um elegante terno azul marinho, “igual a um vereador”, como fez questão de dizer, ele compartilhou o momento de emoção com a mãe, uma das cerca de 30 mulheres indicadas pelos vereadores para a Sessão Solene comemorativa do Dia das Mães.  

Edneia foi indicação do vereador Edvaldo Lima (MDB), idealizador da cerimônia que evidenciou a importância das mães na formação dos filhos. Profissionais de diversas áreas do conhecimento ou simplesmente donas de casa, todas igualadas pelo amor e o comprometimento com a missão da maternidade, se reuniram na Casa Legislativa, antecipando as comemorações da data celebrada no segundo domingo de maio. 

Quem são essas mulheres? De acordo com Renata Adrian Ribeiro, professora da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) são pessoas que cumprem um papel social importante na sociedade. “As mães inspiram luta”, disse a palestrante da noite, destacando o cotidiano de desafios e tarefas múltiplas, jornadas exaustivas. “A força vem de Deus para a formação de cidadãos”, pontuou. 

Em um discurso emocionado, o vereador Edvaldo Lima saudou os presentes em nome da mãe, Dona Aurelina Pires Sampaio, de 95 anos e a esposa e mãe de seus quatro filhos Hodávia de Oliveira Leite dos Santos, presentes no plenário. “Foi Deus quem colocou a mãe na vida das pessoas”, disse, destacando que a missão de ser mãe não se restringe a gerar a vida, mas a dedicar-se aos filhos sem limites. “Mãe é, acima de tudo, segurança, é aquela que ama antes de ser amada, atende antes de ser chamada”, definiu. 

O papel da mãe foi exaltado também em forma de música, com a apresentação das cantoras Adriella de Jesus Sousa Santos e Cristiane Cavalcante Lima. A servidora pública Daniela Iramaia da Conceição Cruz, uma das homenageadas, que cantou a canção “Exemplo de Mãe”, ao lado das filhas Tainá e Yasmin, de 15 e 11 anos, protagonizando um momento de grande emoção durante a sessão conduzida pelo presidente da Casa, Fernando Torres (PSD), que compôs a mesa ao lado dos vereadores Silvio Dias (PT), Paulão do Caldeirão (PSC) e Eremita Mota (PSDB) e Ron do Povo (MDB).  

A pedido do presidente Fernando Torres, a sessão foi encerrada com uma bênção especial do pastor Carlos Augusto do Nascimento Oliveira. “Que Deus continue sempre nesse lugar”, orou o religioso, que destacou a importância da Casa da Cidadania abrir as portas para todos os segmentos da sociedade, uma postura diferenciada dos dias atuais. Ele também falou sobre a figura simbólica da mãe e parabenizou todas as homenageadas da noite. 

 

Homenageadas  

Com flores e certificados, foram homenageadas: Alda Conceição Moreira Cajaíba (vereador Fernando Dantas Torres); Maria Madalena Portugal dos Santos (Luiz Ferreira Dias); Susana Couto Pimentel (Petrônio Oliveira Lima; Ameliane Barbosa Machado, Ana Maria Soares Mascarenhas, Edneia Gonçalves de Souza Jesus, Raquel Brito Bispo e Florisete Amorim Oliveira (Edvaldo Lima dos Santos); Maria do Carmo Lima Monteiro (Jhonatas Lima Monteiro); Paula Letícia Pimenta Cardoso Alves (José Marques de Messias); Maíra Guedes Fontoura E Maria Madalena de Jesus (Josse Paulo Pereira Barbosa); Osvaldina Brandão de Oliveira (Jurandy da Cruz Carvalho); Ivone Costa dos Santos (Emerson Costa dos Santos); Joceli Arruda dos Santos (Flávio Arruda Morais); Dalva Maria Oliveira Moura (Luiz Augusto de Jesus); Joana Oliveira da Silva (Valdemir da Silva Santos); Ana Lourdes Rodrigues Amorim (Ivamberg dos Santos Lima); Joana Batista Marcênio Silva (Pedro Cícero Marcênio Silva); Neiriane Soares de Araújo (Vereador Ronaldo Almeida Caribé); Najilma de Brito Santana Santos (José da Costa Correia Filho); Normiza Cerqueira de Santana Araújo (José Carneiro Rocha).