Sexta-feira, 9 de dezembro de 2022, 22:15:35

Motoristas que exercem dupla função não são remunerados de acordo com atribuições

23/09/2022, 13:49 | Foto: Mario Neto / ASCOM-CMFS
Os motoristas do transporte público coletivo de Feira de Santana que também exercem funções relacionadas com a cobrança de tarifas não são remunerados de acordo com as duas incumbências. A afirmação é do vereador Edvaldo Lima (MDB), autor do Projeto de Lei que proíbe as empresas concessionárias de atribuírem dupla função aos profissionais. Aprovada na última semana, a proposta aguarda sanção da Prefeitura.
 
Condutor de veículos pesados, Edvaldo Lima diz que a cobrança de tarifas desvia a concentração do motorista. Este, conforme o artigo 28 do Código de Trânsito Brasileiro, “deverá, a todo momento, ter domínio de seu veículo, dirigindo-o com atenção e cuidados indispensáveis à segurança no trânsito”. O parlamentar acrescenta que a dupla função ainda pode acarretar ou agravar doenças. “Sou do sistema de transporte pesado e sei muito bem o que estou falando, por isso fiz o projeto de imediato, para que os meus companheiros não sofram com enfermidades por causa do trabalho”.