Noite de beleza e reafirmação da força da mulher negra

set 21, 2018

Ao invés de discurso formal, uma declaração de amor a Feira de Santana, à família e aos amigos conquistados ao longo da vida. Foi assim que a artesã Valdemira Telma Sacramento – ou simplesmente Negra Jhô – brindou a todos que participaram, na noite desta quinta-feira (20), da sessão solene comemorativa do Dia da Beleza Negra. Na mesma solenidade foi entregue o Título de Cidadã Feirense à desembargadora Luislinda Dias de Valois Santos.

Reafirmando o lema da própria vida, Negra Jhô disse que “sem luta não há vitória” e ela é a prova viva disso. “Quando fecha uma porta eu pulo a janela”, afirmou a palestrante, para descrever a trajetória de desafios e dificuldades. A dançarina que desenvolve no grupo Olodum um trabalho de “dança de corpo, de mente e de vida” falou de suas origens em Feira de Santana e a ida para Salvador, encarando tudo de cabeça erguida.

A luta permanente do negro, especialmente a mulher, para ocupar seu espaço no mercado de trabalho e na vida foi abordada de forma magistral pela desembargadora e nova cidadã feirense Luislinda Valois. “Todos nós somos filhos de um só Deus”, proclamou a homenageada da noite, ao iniciar seu discurso de agradecimento pela honraria recebida, pontuado ela emoção que diversas vezes quase se transformou em lágrimas.

“Quem quiser saber o que é ser negro nesse país, fique negro 24 horas”, desafiou a ex-secretária nacional de Promoção da Igualdade Racial e ex-ministra dos Direitos Humanos, que se definiu como “um exemplo vivo do que é ser negra”. Segundo ela, a mulher preta brasileira tem o dever moral de fazer de si não apenas um ser humano, mas ser resiliente, porque ela “continua na senzala”.

Falando da própria história, Luislinda, que é natural de Salvador, filha de lavadeira, disse que desobedeceu o professor e foi em frente em busca do seu espaço, resistindo às intempéries da vida, porque sempre entendeu que a mulher negra não quer apenas a vassoura, ela quer a caneta para decidir os destinos do país. “Derramei lágrimas de sangue para ser desembargadora e ainda continuo tomando chibatadas, porque vou buscar os meus direitos, esteja ele nas mãos de quem estiver”, enfatizou.

Sobre Feira de Santana, a desembargadora agora feirense disse que a honraria recebida a fez renascer e fortalecer os laços com a cidade. Lembrou que aos 14 anos já trabalhava no DNER, na construção da rodovia que é hoje a BR 324. “Eu sou brasileira, eu sou baiana, eu sou de Feira de Santana”, disse Luislinda, reafirmando que o Brasil não é um país multirracial. E como sempre fez durante a sua vida de lutas e desafios, engoliu o choro e abriu um sorriso para a plateia que lotou a galeria e o plenário da Casa da Cidadania.

“Quem diria que a senhora seria advogada, juíza, ministra e desembargadora, em uma sociedade em que a mulher tem que ficar em casa, cozinhar e lavar, principalmente sendo negra”, pontuou o vereador Isaías de Diogo, ao justificar a indicação de Luislinda Valois para receber a cidadania feirense. Ele disse que a mesma hoje é referência e muitas mulheres a seguem, citando o trabalho realizado em Feira de Santana por Lourdes Santana, diretora do Núcleo Odungê, e destacando a figura da mãe Isabel, que o ensinou a não desistir dos seus sonhos.

As homenagens da noite não se restringiram a Luislinda e Negra Jhô. O Núcleo Odungê registrou o Dia Municipal da Beleza Negra contemplando cerca de 20 homens e mulheres que se destacam em suas respectivas áreas de atuação em Feira de Santana com certificados alusivos à data. A diretora Lourdes Santana ressaltou a iniciativa do vereador Isaías de Diogo ao conceder a cidadania feirense à desembargadora, que tem trabalho relevante em prol da igualdade racial no Brasil.

A mesa de honra da sessão solene foi composta pelo vereador José Carneiro Rocha, presidente do Legislativo, que conduziu os trabalhos; sociólogo Ildes Ferreira de Oliveira, secretário municipal de Desenvolvimento Social, representando o prefeito Colbert Martins da Silva Filho; Lourdes Santana; a palestrante da noite e a homenageada.

 

 

Download PDF
Leia mais

Zé Filé repercute pesquisa eleitoral

set 19, 2018

Em pronunciamento na Casa da Cidadania, na sessão desta quarta-feira (19), o vereador Zé Filé (PROS) repercutiu a pesquisa Ibope, divulgada na última terça-feira (18), que  aponta Ruí Costa (PT) com 60% e José Ronaldo de Carvalho (DEM) com 7% da intenção de votos para o Governo da Bahia nas eleições de outubro.

“A pesquisa do Ibope não me surpreendeu. Acredito que José Ronaldo vai perder a eleição aqui em Feira de Santana. O povo não é bobo e sabe que ele não foi um bom gestor como alguns insistem em dizer. Essa eleição vai deixar muita gente de queixo caído”, afirmou.

Ainda na tribuna, o edil comemorou o aniversário de 185 anos de emancipação política de Feira de Santana. “Escolhi a Princesa do Sertão como morada. Aqui é o meu lar. Que Deus me conceda mais tempo para viver nessa terra amada”, concluiu.

Download PDF
Leia mais

Tourinho parabeniza Associação de Moradores do Conjunto Milton Gomes

set 19, 2018

Ao discursar na sessão ordinária desta quarta-feira (19), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) informou que, no último domingo (16), a Associação de Moradores do Conjunto Milton Gomes comemorou 40 anos de existência. Tourinho ressaltou a importância do bairro para Feira de Santana e comunicou que agendará uma audiência com o prefeito e os representantes da associação para tratar de assuntos de interesse da comunidade.

“O Conjunto Milton Gomes é antigo e possui uma importância incontestável para a nossa cidade. É um bairro muito organizado, mas, carece de muitas melhorias. Agendarei uma audiência com o nosso prefeito para discutirmos os reclames daquela população, sobretudo a cobertura da praça”, disse.

Download PDF
Leia mais

Edvaldo parabeniza Prefeitura e órgãos municipais

set 19, 2018

No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta quarta-feira (19), o edil Edvaldo Lima (PP) comemorou os 185 anos de emancipação política de Feira de Santana, festejado no último dia 18 de setembro. Na oportunidade, o vereador parabenizou a Prefeitura Municipal, a Secretaria Municipal de Saúde e a coordenadora do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Maiza Macedo, pela instalação da base descentralizada do Samu. O equipamento foi inaugurado na manhã de ontem (18), no estacionamento do Paço Municipal Maria Quitéria, durante as comemorações do Aniversário da Cidade.

“Eu tenho um amor imensurável por Feira de Santana. Cheguei aqui com 10 anos e aqui ficarei até morrer. Quem bebe da água desta cidade se apaixona. Fiquei muito feliz pela base descentralizada do Samu. Em 2013 encaminhei ao Poder Público uma indicação de número 66/2013 que solicitava a descentralização desse serviço e consequentemente atenderia melhor à população. Garantir a agilidade no atendimento, esse é o papel do vereador. Fico feliz em ver que não estou lutando em vão”, festejou.

Ainda na tribuna, o vereador do PP teceu elogios à administração do superintendente Municipal de Trânsito, Maurício Carvalho. Segundo ele, os números de multas no trânsito de Feira de Santana têm diminuído. “O nosso superintendente está desenvolvendo um trabalho belíssimo em nossa cidade. A quantidade de multas teve uma queda significante nos últimos meses”, pontuou.

Em aparte, o vereador Isaías de Diogo (PSC) criticou o posicionamento do colega. “Vossa excelência está muito equivocado. Nosso dever é zelar pela verdade e nesse momento o nobre colega está sendo muito injusto. Feira de Santana sofre com o esquema de multas e o nosso trânsito está abandonado”, criticou.

De volta com a palavra, Edvaldo Lima informou que não tem recebido nenhuma queixa em relação a multas de trânsito em seu gabinete. “Devemos ser justos e deixar questões pessoais de lado. Eu me pronuncio sobre o que eu sei”, concluiu.

Download PDF
Leia mais

Isaías de Diogo rebate discurso de Edvaldo Lima

set 19, 2018
O vereador Isaías de Diogo (PSC), ao discursar na sessão ordinária desta quarta-feira (19), na Câmara Municipal de Feira de Santana, esclareceu que não existem questões pessoais, como foi afirmado pelo vereador Edvaldo Lima (PP), com relação à administração do superintendente Municipal de Trânsito, Maurício Carvalho. Para Isaías, o trânsito de Feira de Santana necessita de mudanças urgentes.

“Sou adulto e sei separar as coisas. Nunca tive embates pessoais com Maurício Carvalho. Quem me acompanha sabe que luto por melhorais no trânsito da cidade há tempos. Somos assolados diariamente pela indústria da multa, que tem sugando o dinheiro dos trabalhadores feirenses”, esclareceu.

 

Download PDF
Leia mais