Em pronunciamento, na sessão ordinária desta terça-feira (11), na Câmara Municipal de Vereadores, o edil Roberto Tourinho (PV) voltou a tratar sobre a falsificação da placa de um ônibus do transporte coletivo urbano. O vereador garantiu que mesmo durante o recesso parlamentar continuará investigando as empresas e fará denúncias.

“Já denunciamos nesta tribuna a empresa Rosa circulando com ônibus com placas falsificadas. Quem falsifica são marginais, que assaltam bancos, praticam homicídios. Estes falsificam placas e quando pegos são encaminhados para autoridades competentes. Estamos investigando outras denúncias contra essas empresas, que estão fazendo o que querem em Feira de Santana”, pontuou Tourinho.

E continuou. “Qualquer prática delituosa deve ser investigada e os culpados punidos. Não pensem que, porque esta Casa estará em recesso, vamos nos calar diante dessas práticas criminosas em Feira. Lá no Rio de Janeiro, vários empresários de transporte coletivos estão na cadeia, porque lá é lugar de marginais. E o que nós esperamos é que marginais, que usem desta prática Brasil à fora, sejam presos”, disse.

Para Tourinho, em Feira ou em qualquer lugar, quem tem esse tipo de comportamento deve ser penalizado. “Amanhã terei reuniões, onde vou obter mais informações e, doa a quem doer, vou denunciar na tribuna desta Casa o que esta corja vem fazendo na cidade. Já fiz diversas denúncias e vou trazer outras graves para que a população feirense fique sabendo quem são esses marginais que estão operando o sistema de transporte coletivo”, garantiu.

O vereador lembrou que há mais de 20 anos faz esse tipo pronunciamento na Casa e continuará fazendo. “Faço isso com provas. Trouxe a placa do veículo que está rodando com placa falsificada. Informei também que está em curso na Prefeitura um projeto para ajudar os empresários, que se dizem prejudicados com o valor da tarifa, mas querem meter a mão no bolso do feirense. Eles pretendem receber milhões de reais com esse projeto.  Vou denunciar e , se precisar, entrou na Justiça como fiz na época de Tarcízio Pimenta. Agora estão pretendendo a mesma maracutaia”, observou.

Tourinho garantiu que não terá receio de fazer as denúncias. “Não terei receio em fazer agora  a mesma coisa que fiz no passado. Os fatos são os mesmos, mudamos apenas o lapso temporal. Vou fazer a mesma coisa: denunciar esses empresários de transporte coletivo. Rosa e São João têm a mesma prática de Princesinha e 18 de Setembro. Muda-se as coleiras, os cachorros continuam os mesmos. Vou trazer à esta Casa as denúncias contra essas empresas. Aprendi na minha vida que brigar só com os fortes, pois quem briga com fracos são covardes. Não tenho medo, nem receio. Ganhei todos os processos que os empresários entraram contra mim na Justiça. Nunca fui condenado a nada. Encho meu peito e digo: empresário de transporte coletivo, na sua maioria, são marginais”, disparou.  

Download PDF

Redação

Comentários estão fechados.