Durante pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (13), o vereador José Menezes – Zé Filé- (PROS) questionou o valor gasto pela Prefeitura na manutenção do Monumento aos Caminhoneiros. “Gastaram R$ 48 mil numa pintura fajuta. Cercaram tudo pra absolutamente nada. O monumento está igual o que era antes. Quero saber o que foi feito com a quantia destinada pra a manutenção. Eu faria o mesmo e não gastaria mais de R$ 2 mil”, criticou.

O vereador Lulinha (DEM) solicitou que constasse a fala do colega em ata. Já Marcos Lima (PRP) voltou a esclarecer que a obra ainda não foi concluída. “Como já disse anteriormente, não se trata só da pintura, vamos trocar os bancos e piso, consertar a parte elétrica entre outros reparos”, ratificou Lima.

De volta com a fala, o vereador do PROS voltou a tecer críticas às obras inacabadas nos bairros de Feira de Santana. “Quero saber o que foi feito das obras deixadas pela metade na gestão de José Ronaldo. Quero saber o que foi feito do empréstimo de R$ 21 milhões tomados para investir em educação. Porque os professores estão em greve e os alunos sem aula. A culpa não é dos professores, a culpa é do governo ineficiente”, findou.

Download PDF

Redação

Comentários estão fechados.